Emagrecer: um desafio.

12 semanas para você aprender a comer viver.

Você já parou pra pensar por que EMAGRECER é tão difícil para a maioria das pessoas?

 

Durante muito tempo, e mesmo depois de formada eu tive dificuldades para me alimentar.

O que comer? Qual quantidade? Qual horário? Fiz dietas com cardápios esquisitos, do tipo: almoço = 1 xícara de ricota com uma xícara de biscoito água e sal.

 

Nunca fui extremamente acima do peso, mas minha saúde não era legal. Sempre um mal estar, rinite, intestino preso, cansaço e uma série se outros sintomas, que, até passavam despercebidos às vezes. Acontece que aos 20 anos nosso organismo dá conta do recado, vamos levando esses pequenos incômodos como sendo ‘normais’, afinal, “todo mundo tem”. Mas essa frase me perturbava, porque TODO MUNDO .. é muita gente…

 

A grande questão é: A dificuldade de emagrecer de maneira saudável, fazer escolhas, manter-se no peso, e principalmente, sentir prazer com isso.

 

Você acredita que pra emagrecer é preciso fechar a boca? Que é preciso deixar de ir à festas e confraternizações? Que é muito caro? Que dá muito trabalho, ou que é preciso comer alimentos sem glúten, sem gordura, sem açúcar e sem gosto?

 

“A busca pela saúde está diretamente ligada à busca pela felicidade. Todos estamos em busca da felicidade, mas nem todo mundo cultiva sua saúde! E é através da saúde física, podemos alcançar essa plenitude”. Flávio Passos.

Leia mais

Nutricionista em Florianópolis Larissa Pavei

A indústria está aí, nos bombardeando todos os dias com novidades. A ideia inicial é nos tornar cada vez mais dependentes dos produtos, seja ele um alimento industrializado, ‘saudável’ ou não, ou um medicamento. Dificilmente vemos alguém ensinando, como podemos ser livres e nos mantermos em harmonia.

 

E não estou falando em padrão de beleza, ou em ficar com o corpo da Barbie.Estou falando em saúde, aceitação, empoderamento, autoestima. Seja qual for o número da sua roupa, você precisa ter saúde para usufruir a vida!

 

Bom, existem 3 coisas que as pessoas em geral, não gostam:

 

1 – Tomar decisões; A decisão sobre o que vamos escolher quando estamos em uma padaria e nos deparamos com aquela variedade de doces, pães e tortas (algumas até integrais, ou light). Você precisa estar preparado para não se sentir frustrado com sua escolha, seja ela qual for.
2 – Pensar em longo prazo; Processos rápidos de emagrecimento não trazem resultados satisfatórios, nem para a estética, e muito menos para a saúde.
3 – Não ser/ não pertencer; Alimentar-se de forma ‘diferente’ do seu ciclo de amizades, fazer escolhas diferentes das que você fez a vida inteira, ou diferente do que sua família faz, em um primeiro momento parece assustador e esse sentimento de exclusão acaba surgindo, mesmo que superficialmente.

 

E quando se trata de alimentação, precisamos realizar essas três tão difíceis tarefas.

 

Se alimentar e emagrecer é um processo gostoso, e acreditar nisso é o primeiro passo para destruir a crença de que é preciso sofrer ou passar fome. Na verdade, é preciso tomar decisões. Essas decisões parecem simples, mas podem se tornar bem difíceis quando não estamos preparados para assumi-las.

 

Pensar que iniciaremos uma mudança hoje, que nos trará resultados em apenas 8 meses… Nos faz desistir antes mesmo de começar. Dificilmente nos damos conta de que os 8 meses se passam do mesmo jeito e na ânsia de fazer algo mais rápido, não fazemos nada.

 

Queremos pertencer a alguma coisa, e nada une mais os seres humanos do que a comida. Por isso é necessário pensar que mudar alguns hábitos na verdade NÃO vai fazê-lo comer diferente, esse medo é um mito. É possível, sim, ter uma alimentação equilibrada em qualquer situação.

 

“MAS LARISSA, EU JÁ FUI A VÁRIAS NUTRICIONISTAS E…”

 

Eu sei disso, por isso proponho para você algo diferente. Você já ouviu falar em Grupos de Reeducação alimentar?

 

Participar dos grupos de reeducação vai fazer você enxergar tudo isso, e se posicionar adequadamente em diversas ocasiões. O grupo fará você mudar a forma de pensar e de se relacionar com os alimentos e com as situações que envolvem a alimentação.

  • Você poderá descobrir prazer em outras coisas e não apenas na comida.
  • Você poderá se sentir significativamente mais disposto, mais ativo e mais feliz.
  • Você não precisará dizer não ao hambúrguer ou à pizza. Poderá comer tudo que quiser.

 

Se você está com sobrepeso, falta de cognição, baixa libido sexual, ansiedade, sente dores articulares e nas costas, enxaqueca, azia, intestino preso, má digestão e falta de disposição; Você poderá experimentar um sentimento de profundo bem estar com a redução desses sintomas, melhora no prognóstico das doenças crônicas, mais energia e mais saúde.

 

Através dos encontros em grupo, os desafios podem ser superados com mais facilidade. Tudo se torna mais simples: ter foco, encontrar tempo, seguir o plano, mudar hábitos e eliminar peso. Prevenindo recaídas e desânimos, observando os resultados de uma maneira equilibrada e não aquela vida que é apenas uma dieta eterna. Vamos combinar? Isso não é vida né.

Receitas

Baixe o eBook de receitas!

Preencha abaixo e receba o eBook no seu e-mail